Grupo Planalto de comunicação

Santa Catarina: operação resulta na prisão de quatro prefeitos Ação é contra possível organização criminosa comandada por grupo empresarial

Foto: Ministério Público/SC (divulgação)

Uma mega operação deflagrada nesta quarta-feira (19) busca cumprir 11 mandados de prisão preventiva, cinco de suspensão do exercício das funções públicas e 63 de busca e apreensão em 23 cidades de Santa Catarina , uma do Rio Grande do Sul e em Brasília, informou o Ministério Público Estadual (MPSC).

Os prefeitos catarinenses presos foram: Clori Peroza (PT), prefeita de Ipuaçu; Fernando de Fáveri (MDB), prefeito de Cocal do Sul; Marcelo Baldissera (PL), prefeito de Ipira; e Mario Afonso Woitexem (PSDB), de Pinhalzinho.

A operação foi coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e pelo Grupo Especial Anticorrupção (GEAC).

Essa é a segunda fase da Operação Fundraising, deflagrada pela primeira vez em setembro de 2023.

Em quatro anos, foram 27 prisões de prefeitos em Santa Catarina, segundo o Portal NSC.

 

Fonte: G1/SC

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais