Grupo Planalto de comunicação

Prefeitura reforça a segurança do município com novo sistema de videomonitoramento

Fotos: Divulgação / PMPF

A Prefeitura de Passo Fundo está investindo em um novo sistema de videomonitoramento que irá integrar e expandir a segurança na cidade. Este sistema agrega-se às câmeras já existentes e promete trazer avanços significativos na proteção de praças, escolas, unidades de saúde e outros espaços públicos.

Com o novo investimento, o município alcançará a marca de mais de mil dispositivos de monitoramento em operação. Ao todo, serão 371 novas câmeras, adicionadas às 694 já existentes, totalizando 1065 câmeras. Este crescimento representa um importante passo para a segurança da cidade, que agora contará com uma cobertura ainda mais ampla.

O prefeito Pedro Almeida destacou a relevância desse projeto para a segurança dos cidadãos de Passo Fundo: “É fundamental que todos os cidadãos, independentemente de estarem no centro ou nos bairros, se sintam seguros. Este novo sistema de videomonitoramento é um passo importante para construir uma segurança abrangente e eficiente para toda a comunidade”, aponta o prefeito.

Operação e tecnologia de ponta
As imagens captadas pelas câmeras serão transmitidas simultaneamente para o Centro de Operações do Município de Passo Fundo (COMPF) e para a Brigada Militar, facilitando ações policiais rápidas e eficazes. A central principal, o COMPF, é considerada o coração do sistema e conta com uma infraestrutura robusta de mais de 100 terabytes de armazenamento distribuídos em três servidores, permitindo não apenas o monitoramento em tempo real, mas também a análise forense posterior das imagens.

A tecnologia embarcada no novo sistema possibilita o reconhecimento de placas, diferenciação de veículos por cores, velocidade , trajetos e ainda com a possibilidade de análise para aplicar a tecnologia de identificação facial, o que representa um avanço na identificação e solução de crimes. Além disso, as câmeras têm capacidade de operar por no mínimo uma hora em caso de falta de energia, garantindo o funcionamento contínuo do sistema em situações de emergência.

Participação comunitária e implementação
A localização das câmeras foi realizada em colaboração com a comunidade, que participa da escolha dos pontos estratégicos para posicionamento dos dispositivos. Segundo o cronograma, 38 câmeras serão instaladas nos dez canteiros da cidade, com um sistema de som integrado. Já nos próximos meses, 12 praças serão contempladas, além de oito unidades de saúde e quatro escolas que receberão os equipamentos nesta semana.

Expansão e integração
Atualmente, Passo Fundo conta com dois sistemas de videomonitoramento: o do Município e o da Brigada Militar. O sistema municipal, com a adição das novas câmeras, ultrapassará 780 equipamentos em funcionamento nos próximos meses. Já o sistema da Brigada Militar, que possui 201 câmeras, será incrementado com mais 73 dispositivos.

Estes sistemas não apenas inibem a prática de crimes, mas também proporcionam suporte significativo aos órgãos de segurança ao espelharem, armazenarem e fornecerem imagens que podem ser utilizadas em investigações criminais. Além disso, o projeto contempla a possibilidade de importação de vídeos oriundos de drones, expandindo ainda mais a capacidade de monitoramento da cidade.

“Com o término das instalações previsto para o início do segundo semestre, o sistema entrará em funcionamento imediato, trazendo benefícios instantâneos para a segurança pública de Passo Fundo”, declara o Secretário de Segurança Pública, João Darci Gonçalves da Rosa.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais